3 comentários:
De onitsuaf a 28 de Julho de 2008 às 10:20
há um banco que não vou dizer qual é, mas que tem nome de quem engravidou a nossa senhora, que me quer levar a tribunal porque na cabeça deles lhes estou a dever a grossa quantia de cinco euros, pelas exactas razões que descreves no teu último parágrafo.
se eu deixar de pôr comentários aqui por muito tempo, é provavelmente porque fui preso.


De Kok a 28 de Julho de 2008 às 22:25
Isso faz parte duma espécie de porra, que não tem justificação. O "meu" banco que foi buscar o nome ao conjunto de cem anos, "ensinou-me" que eu fizer uma transferência da minha conta para a "tua", sempre dentro do mesmo banco, ao meu saldo é retirado de imediato esse valor mas a "tua" conta só é creditada após 4 (ou 5?) dias úteis. Como eu não percebesse a jinga-joga questionei a coisa e depois de muita conversa (que eu nunca "percebi") disseram-me que eram directrizes do B.Portugal. Oh pah, não me..., disse eu! Parece que o gajo do B.Portugal me ouvio e terá dito para "não ligarem aos tais dias úteis"
Eh pah, desculpa lá o discurso. Akele abraço!!!


De Margarida a 30 de Julho de 2008 às 08:44
Pois é... acontece com todos os bancos. A mim, aconteceu-me pedir para encerrar uma conta que já tinha entrado a "negativo" por causa das tais despesas... depositei o valor respectivo e saí de lá, muito descansadinha a pensar que estava tudo resolvido... MENTIRA!!! perderam a cartinha que lá entreguei e, passados que são mais de 3 meses, ainda a coisa está em pendente... Ah! o meu banco é aquele com nome feminino... sabem????? De loucos...
Margarida


Comentar post