Sábado, 3 de Maio de 2008

Marcha pela liberalização da Cannabis

 
Sou sem hesitação a favor da despenalização do cultivo de Cannabis para consumo próprio. Porque é uma planta e não vejo quem possa ter autoridade para me dizer que plantas posso ou não ter em casa (o que é diferente do que ter uma estufa para produção "industrial"), porque sei dos vários usos da planta, sob o ponto de vista dito lúdico ou os potenciais e reais usos medicinais diabolizados por algum extremismo paranóico e porque apesar de não ser vivo ao tempo da Guerra Colonial e por consequência muito menos à época dos descobrimentos, conheço as Campanhas do Canhamo para as fardas ou o material de que eram feitas as velas das caravelas.
 
Não é uma defesa do consumo, é uma defesa da liberdade individual (é uma planta, não envolve qualquer processo químico), da verdade do desperdício dos usos "não droga" das fibras, sementes e THC, contra a hipocrisia que me permite plantar tabaco que vai matar milhares mas não me deixa plantar uma planta que não mata. Da hipocrisia, que faz lei não ser crime possuir algo (erva, haxixe) que é proibido vender ou comprar mas não é ilegal ter. É que quem inventou esta lógica kafkiana, planta umas coisas em casa, de certeza.
 
Ou então... a única maneira que eu vejo de alguém possuir legalmente uma planta que não pode comprar e não se pode vender é... plantando-a.
 
___________________________________________________________

publicado por joao moreira de sá às 11:38
linque do post | Ir ao Confessionário | Ler confissões ou rezar o Terço (8) | favorito
|
Creative Commons License
Este Blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons.



Joao Moreira de Sa

Cria o teu cartão de visita

Twitter
Micro Cuts

Divulga também a tua página

CONTÉM CONTO MEU (já editado Comprar: AQUI
Ocultos Buracos

Promote Your Page Too

VAI CONTER CONTO MEU (pelo Natal, mas experimentem clicar na capa)




Blogue para Contactos Profissionais

Outras escritas

Quem???

Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 44 anos (embora um teste da Sábado diga que na realidade tenho 47... já estive mais longe, tenho que repetir o teste). Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever, o que já vai demorando um bocado...
jmoreiradesa@gmail.com

pesquisar neste belogue

 

Arquivos da Cantuária

tágues

todas as tags

subscrever feeds



Péssimos clips de humor na
TV Arcebispo

revista Única/Expresso


revista Nós/jornal i


Nuno Markl in Única/Expresso
Há gente com graça na Internet?

Imensa. O arcebispo de Cantuária. É um tipo com um site magnífico com trocadilhos. Dos mais refinados que eu vi em toda a minha vida.

arcebispo no programa "As Tardes da Júlia", TVI, 01.07.09.




jornal i "Blogues das mamãs. São mais que as mães e servem para tudo"

"Os (arcebispais) Incorrigíveis"

Arcebispo de Cantuária 17º Melhor Blog Português de 2007

Porque nem só de trocadilhos vive um Arcebispo:

Manjares do Arcebispo" (2ª edição disponível em paperback 11.35€ e e-book download 2,50€)



COMPRAR ONLINE: BUBOK





MAIS INFORMÇÃO