Segunda-feira, 16 de Abril de 2007

Tu queres ver…

Eu sempre achei normal tratarem o meu pai por Senhor Engenheiro, mas hoje começo a ficar desconfiado... quer dizer, qualquer dia, lá porque não andou na universidade não pode ser engenheiro?

publicado por joao moreira de sá às 11:06
linque do post | Ir ao Confessionário | favorito
1 comentário:
De António Veríssimo a 16 de Abril de 2007 às 19:28
A vida tem coisas assim.
E, além disso, temos o Zé Pinto de Sousa. Não tás a ver quem é? Então repara:
José Sócrates parece que já era engenheiro três anos antes de acabar o curso na Universidade Independente, curso muito confuso e em que o aluno (o próprio Sócrates) nem sabe o nome dos colegas nem o nome dos professores.
Isto faz lembrar a pescada que antes de o ser já o é e até aquele figurão de outros tempos que, na sua terra, quando foi apanhado pela GNR numa bicicleta sem luz e sem travões, disse aos agentes da autoridade que era… engenheiro.
Olhando para o ar pobre do fulano, eles admiraram-se e não acreditaram. O auto-intitulado engenheiro retorquiu: eu cá pinto “engenhos”… sou engenheiro.


Comentar post

Outras escritas

Quem???

Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 44 anos (embora um teste da Sábado diga que na realidade tenho 47... já estive mais longe, tenho que repetir o teste). Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever, o que já vai demorando um bocado...
jmoreiradesa@gmail.com

pesquisar neste belogue

 

Arquivos da Cantuária

tágues

todas as tags

subscrever feeds

Porque nem só de trocadilhos vive um Arcebispo:

Manjares do Arcebispo" (2ª edição disponível em paperback 11.35€ e e-book download 2,50€)



COMPRAR ONLINE: BUBOK





MAIS INFORMÇÃO