Quarta-feira, 21 de Março de 2007

Provérbios da Cantuária

As aparências iludem. Tudo depende das dioptrias de cada um.

Mais depressa se apanha um mentiroso coxo.

Deitar cedo e cedo erguer, pode ser insónia.

Quem tudo quer, funda um banco.

Quem corre por gosto não me venha pedir água.

Em casa onde não há pão, alguém tem de ir às compras.

Santos da casa não podem voar porque batem no tecto.

Quem feio ama é porque não arranjou melhor.

Candeia que vai à frente, é bom que saiba o caminho.

Devagar demora-se muito tempo.

Quando a esmola é grande, o pobre deixa de o ser.

Quem vai ao mar, convém saber nadar.

Olhos que não vêm, precisam de óculos.

Longe da vista, custa mais a ler.

Sorte ao jogo, azar dos outros.

Natal é todos os dias, natal é quando um homem tiver dinheiro para as prendas.

Ao menino não, mas ao borracho também eu metia a não por baixo.

Quem nasce torto, ou é marreco ou tem escoliose.

Mudam-se os tempos, acertam-se os relógios.

Saber esperar é uma grande seca.

Não há fome que não passe com comida.

Quem vê caras e não vê o resto, precisa de óculos.

Quem anda à chuva, mais valia correr.

Grão a grão, nunca mais fica a sopa feita.

Branco é, galinha pode ter gripe.

Gaivotas em terra, chocam pintos na costa.

Há mar e mar, há ir se estiver calor.

Quem não quer ser lobo, marcara-se de outra coisa no Carnaval.

De pequenino é que se torce um pé se não se tiver cuidado.

publicado por joao moreira de sá às 06:07
linque do post | Ir ao Confessionário | favorito
7 comentários:
De Lia C a 23 de Março de 2007 às 16:53
e provérbio a provérbio enche a galinha o p(r)ato.


De Arcebispo de Cantuaria a 23 de Março de 2007 às 13:31
Lia C,

Grão a grão, de provérbios ficará o belogue cheio!


De Lia C a 23 de Março de 2007 às 10:35
Porque é que os provérbios da cantuária são melhores do que os nossos, han? E porque é que são tão pouquinhos?


De Carlota a 22 de Março de 2007 às 14:20
E numa caixa de comentários descubro que sou inculta.
Já me aconteceu pior...


De scbmf a 21 de Março de 2007 às 17:11
A-DO-REI! :)


De A.S. a 21 de Março de 2007 às 12:30
Cá para mim os seus provérbios são LINDOS!


De Francisco a 21 de Março de 2007 às 12:08
Cá para mim devias arrabanhar (significa juntar, seus incultos) tudo o que escreves e lançar um livro


Comentar post

Outras escritas

Quem???

Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 44 anos (embora um teste da Sábado diga que na realidade tenho 47... já estive mais longe, tenho que repetir o teste). Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever, o que já vai demorando um bocado...
jmoreiradesa@gmail.com

pesquisar neste belogue

 

Arquivos da Cantuária

tágues

todas as tags

subscrever feeds

Porque nem só de trocadilhos vive um Arcebispo:

Manjares do Arcebispo" (2ª edição disponível em paperback 11.35€ e e-book download 2,50€)



COMPRAR ONLINE: BUBOK





MAIS INFORMÇÃO